RE-CONHECENDO FORTALEZA

Em parceria com o Quintal de Trocas, o Vida Ciranda abraça o RE-CONHECENDO FORTALEZA. O plano principal é levar nossas crianças para conhecerem a cidade onde vivem. Tudo começou com uma dupla linda que teve uma ideia super legal: turistar na cidade onde moram, documentando os passeios e ajudando outros pais a fazerem o mesmo com as suas crianças. Elas são Carol Guedes e a filha Maria Beatriz, de 6 anos. As duas vivem em São Paulo e são apaixonadas pela cidade (como nós por Fortaleza!). Carol, idealizadora do Quintal de Trocas, é uma mãe engajada com o legado que quer deixar para a filha e para o mundo: promover mudanças de consciências em torno da cultura e da educação pela transformação de nós mesmos, como cocriadores dos espaços em que queremos viver.

Pois bem. Desde junho deste ano, Carol e Maria vivem o Movimento Re-conhecendo São Paulo. No finzinho do mês de junho, fui até São Paulo e conversei com as duas para saber mais sobre o projeto, que me encantou desde o primeiro momento. Descobri (ainda mais!) que tem tudo a ver com o Vida Ciranda e com o que já pratico com Gabriel e Lucas por aqui. Assim, nasceu o RE-CONHECENDO FORTALEZA. A patente social do projeto Re-conhecendo, do Quintal de Trocas, foi cedida ao Vida Ciranda para que o executássemos regionalmente. Isso se chama fortalecimento da rede! =)

Neste semestre 2017.2, estamos visitamos 10 lugares, em manhãs de sábado ou domingo,

Por que Re-conhecer Fortaleza?

Crianças fora da caixinha: acreditamos ser preciso sair das caixinhas a que condicionamos o dia a dia das nossas crianças para fazê-las viver a cidade, sentir a cidade, conhecer a cidade onde moram.

Sentimento de pertencimento à cidade: Acreditamos que nada é mais forte para gerar comprometimento sobre um determinado espaço do que sentir-se parte dele. O simples ensinamento de não jogar lixo na rua passa por essa lógica. A cidadania deve ser construída e vivida desde cedo. Como defende a urbanista espanhola Irene Quintáns, ”a criança não é o cidadão do futuro. Não, ela é um cidadão de ontem, de hoje, de amanhã”. Em tempos de tanto descompromisso e desrespeito com o que é público, é urgente envolver nossas crianças nessa ciranda de cuidado e responsabilidade com o que é de todos!

A cidade é uma escola. Cada vez mais, olhares e perspectivas têm se voltado para o potencial educativo dos espaços públicos e dos diversos equipamentos por eles oferecidos. Pretendemos passar por vários bairros. Sentir-se integrado gera menos violência. A sociabilidade e as possibilidades de manifestação e expressão das linguagens e culturas infantis que os diversos espaços, atividades e equipamentos públicos têm na vida das crianças são imensuráveis!

Brincar livre. Em quaisquer dos espaços que visitarmos, a ideia é deixar as crianças bem livres para explorar, interagir, descobrir, perguntar, imaginar, gargalhar.

Maior interação entre pais e filhos. Muitas vezes, não sabemos direito como aproveitar o dia de folga com as crianças. Quer sair um pouco da mesmice de levá-los à pracinha do bairro? Então, vem!

setembro
Estoril_Vila Morena

Estoril é o terceiro local a ser visitado pelo Re-conhecendo Fortaleza, próximo domingo, 24

Parte da nossa orla será destaque neste terceiro convite que o Vida Ciranda faz às famílias, pelo projeto Re-conhecendo Fortaleza. Vamos pegar carona no projeto Pôr do Sol, da Secretaria Municipal de Turismo (SetFor), e visitar o Estoril, na Praia de Iracema, e o Mercado dos Peixes, no Mucuripe. Assim, dessa vez, a dica será dupla.

agosto